Eletroestimulação

A eletroterapia aplicada ao assoalho pélvico é uma técnica de reabilitação que tanto pode favorecer o reconhecimento dos músculos perineais e estimulá-los, ou através de reflexos inibitórios vesicais reduzir hiperatividade detrusorial. Pode ser praticada através de eletrodos periféricos, do uso de sonda intravaginal ou intra-anal que conduz impulsos elétricos excitatórios ou inibitórios modulados de acordo com a fase e objetivo terapêutico.

É usada para promover a contração 

na conscientização da contração desta musculatura em pacientes que tem dificuldade em identificar a contração ou realizar uma contração voluntária e eficiente (POLDEN e MANTLE, 2005).

A eletroestimulação é um eficiente método conservador através do qual impulsos elétricos estimulam a musculatura do assoalho pélvico aumentando a percepção cortical do paciente e facilita a capacidade da mesma em executar contrações voluntárias (CORDEIRO, 2002).

passiva da musculatura do assoalho 

pélvico e assume um importante papel

A eletroestimulação é um eficiente método que estimula a musculatura do assoalho pélvico, aumentando a percepção cortical do paciente e facilita a capacidade da mesma em executar contrações voluntárias.

Contate-nos
whatsapp-logo-icone.png