Vulvodínia

Segundo a Escola Americana de Obstetrícia e Ginecologia, a vulvodínia é uma dor crônica na vulva (região externa da genitália feminina) e que não é causada por infecções, inflamações, problemas cutâneos, ou outra questão médica ou anatômica, sendo assim, um diagnóstico de exclusão. Por isso, muitas vezes, as pacientes demoram a chegar ou mesmo nem chegam a obter esse diagnóstico.

Afinal, as causas de dor na relação podem ser inúmeras...

A dor na vulvodínia pode ter

O CRPPélvico conta com inúmeras técnicas, ótima aparelhagem e sobretudo uma vasta experiência no tratamento das disfunções sexuais femininas.

Agende sua consulta e resgate a sua qualidade de vida!

diferentes características: em queimação, pontadas, ardor; pode ser contínua ou intermitente; localizada

em um ponto específico da vulva ou generalizada por toda a região vulvar; além de poder ser desencadeada por estímulos específicos ou chegar improvisamente. A causa não tem origem conhecida, e pode acometer mulheres de todas as faixas etárias. 

A Fisioterapia Pélvica atua na vulvodínia na intenção de atenuar o quadro álgico, de reduzir essa hipersensibilidade vulvar e controlar os espasmos musculares do assoalho pélvico, estes últimos, que devido ao quadro crônico de dor tendem a desenvolver e a gerar o ciclo DOR-ESPASMO-DOR, muitas vezes desenvolvendo um quadro de vaginismo secundário.

Contate-nos
whatsapp-logo-icone.png